Ditados da Consciência

Ensemble Misto

2018 - 9'30"

Intérprete(s)

ClusterLAB XL - dir. Carlos Marecos

Compositor(a)

João Damas

Mestrado em Composição - ESML

João Damas nasceu, em Coimbra, no ano de 1981. Começou a carreira musical, em Lisboa, com 16 anos, como baixista de bandas rock. Em 2002, iniciou os seus estudos musicais nesse instrumento, com Ricardo Dikk. Interessou-se, então, pela composição de música com o baixo eléctrico como instrumento solista, em música puramente instrumental. De 2005 a 2007, tem aulas de piano com Martin Gerhardt, e é nessa altura que começa a estudar, metodicamente, composição, de um modo autodidacta. Em 2007, entra na licenciatura em Music Composition and Technology, da Universidade de Hertfordshire, onde estudou sob orientação de Dave Smith e Rob Godman. Terminou o curso 2 anos mais tarde, indo, de seguida, para Nova Iorque, trabalhar na elaboração de sistemas digitais interactivos aplicados às artes, na Harvestworks, integrado no programa INOV-Art. Em 2010, regressa a Lisboa, onde tem vindo a exercer uma actividade profissional como técnico de som e compositor de música para audiovisuais. Está, actualmente, a completar o Mestrado em Composição na Escola Superior de Música de Lisboa, com o projecto entitulado “Música que se vê”, sob orientação de Carlos Caires e António Pinho Vargas

fb

Partitura (PDF)

Ditados da Consciência

Nota de Programa

Ditados da Consciência é uma obra de cariz minimal repetitiva. Numa alusão à insistência da consciência de uma pessoa, ou de quase todas as pessoas, esta peça procura indagar, de um modo subjectivo, a dicotomia entre motivos verdadeiramente repetitivos, quais uma consciência um tanto ‘robótica’ do zeitgeist em que vivemos, e a idiossincrasia de um ser humano revelada por motivos ou frases melódicas, que se sobrepõem, ou não, a esse contínuo ascendente social, ou moral, sobre a individualidade que define cada um de nós.

 

 

Ditados da Consciência: Texto Reflexivo

O uso da repetição na composição musical é transversal à História da Música Ocidental. Começou desde a sua germinação, e foi assumindo diferentes formas até aos dias de hoje, onde é, emblematicamente, associado à corrente minimalista e aos estilos de música popular. A repetição constitui-se como técnica capaz de solidificar a estrutura musical, seja ela micro- (ao nível de pequenos acontecimentos musicais como ritmos ou melodias), ou macro-estrutura (relacionada com secções de uma composição). É útil, por exemplo, no sentido de estabelecer motivos e âncoras que ajudam a unificar uma melodia, pois remete a percepção musical, também, para o campo da memória.

Artigo Completo

Apresentações públicas

  • 7 Setembro de 2017
    Obra desenvolvida no âmbito do projeto "Criação, circulação, registo áudio e edição de obras de música portuguesa contemporânea, numa perspetiva reflexiva"

    Descrição sumária do projecto

    Este projeto visa incentivar e apoiar a criação, a circulação, o registo áudio e edição de obras de música portuguesa contemporânea em partitura e em CD, numa perspetiva reflexiva, envolvendo as áreas da composição, da performance e do som e tecnologias da música.
    É um projeto que tem a Escola Superior de Música de Lisboa do Instituto Politécnico de Lisboa como instituição proponente e que conta com a colaboração da Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo do Instituto Politécnico do Porto, do Departamento de Música da Escola de Artes da Universidade de Évora e ainda da associação MPMP – Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa.
    O projeto será concretizado através de um processo com diferentes fases que passarão pela escuta crítica das obras pelos compositores, intérpretes e diretores musicais, numa fase experimental, pela discussão das problemáticas composicionais em seminários e em conferências, pela apresentação das obras em concertos públicos, culminando todo o processo com a edição das obras em partitura e em CD e na sua colocação numa plataforma online.

    Entidades participantes
    Escola Superior de Música de Lisboa, do Instituto Politécnico de Lisboa
    Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo, do Instituto Politécnico de Lisboa do Porto
    Departamento de Música da Escola de Artes da Universidade de Évora
    MPMP – Movimento Patrimonial pela Música Portuguesa

     

    Mais info

Obras relacionadas (Projecto, Evento ou Compositor)